OLHAR
Homepage do Metrô
 
LÁGRIMAS IMÓVEIS
Música: Metrô
Letra: Pedro Parq
Não sou convidado e tenho tudo a oferecer
Casas, uniformes, gente nua e aplausos na montanha
Não podem mais ficar nem mais um dia
A última ceia...

Nem que o tempo nos espere
E nos leve e nos lave
E nos encha de coisas nas unhas dos dedos na mão

Leva o meu tempo
Tem a água
Lágrimas imóveis nessa cara
Arrastando o horizonte
Não podem mais ficar

Não sou convidado e tenho tudo a oferecer
Casas, uniformes, gente nua e aplausos na montanha
Não podem mais ficar nem mais um dia
A última ceia...

Nem que o tempo nos espere e nos leve e nos lave
E nos encha de coisas nas unhas dos dedos na mão
Lágrimas e Móveis Lágrimas

Comments