OLHAR
Homepage do Metrô
 
METRÔ VOLTA AO BRASIL PARA ÚNICA APRESENTAÇÃO
Gafieiras.com.br
04/2004
 
A formação clássica que lançou Olhar, de 1985“Minha mãe me falou / Que eu preciso casar / Pois eu já fiquei mocinha” é a abertura de “Beat acelerado”, petardo que o grupo Metrô emplacou em 1985 quando lançou o LP Olhar (CBS). Neste, ainda figuravam “Johnny Love”, “Ti Ti Ti”, “Tudo pode mudar” e “Sândalo de Dandi”, peças de freqüentaram com fôlego as rádios daquela temporada.
 
Encabeçado pela dupla Virginie (vocal) e Danny (bateria), o combo franco-brasileiro passou por diversas formações desde que assistiu sua primeira forma, em 1979, no colégio Liceu Pasteur, em São Paulo. Posteriormente, assumiu o progressivo e, batizado como A Gota Suspensa, lançou um álbum indenpendente (1983). Somente em 1984, o grupo ganhou o nome com o qual se tornaria conhecido.
 
Agora, o Metrô retorna ao Brasil – sua vocalista mora em Maputo, Moçambique – para apresentar o repertório do CD Déjà Vu (2002), os antigos sucessos e versões de “Que reste t’il de nos amours”, de Charles Trenet, “Sua estupidez”, de Roberto e Erasmo Carlos, e “Onde in a lifetime”, de Ryuichi Sakamoto. O show será na casa Zero Zero (r. Pe. Leonel Franca, 240 – Planetário – Gávea – tel. 21 2540.8041), no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira, 26, às 22h.
 
A banda, atualmente composta por Virginie (vocal e violão), Danny Roland (guitarra e eletrônicos) e André Fonseca (violão e guitarra-), conta com a participação de Tiago de Olveira e Aloysio Neves (sax), Pedro Paulo (trumpete), Pedro Albuquerque (baixo acústico), Lucas Santtana (violão) e Bruno LT (scratches).
 
Voltar

Comments