OLHAR
Homepage do Metrô
 
DIÁRIO DE BORDO
por Rafael Gushiken
 
SiNTo No aR...
Logo quando soube do show da volta do Metrô, no site da Sil, já fiquei muito empolgado e decisivamente iria vê-lo com certeza! Nem acreditava que seria possível ver estes ícones “oitentistas”, retomando aquela atmosfera da formação (pelo menos uma parte) do Metrô que deixou registros inesquecíveis e marcantes durante a “década do néon” no Brasil.
 
CHaMo Seu NoMe...
Cheguei na Fnac (local do show) mais ou menos meia hora antes do show começar, e na cabeça só ‘martelava’ o nome da banda e suas músicas clássicas. E pra minha surpresa já de cara avistei o DANY, com aquela inesquecível imagem do “Fernandinho” da propaganda da USTop (como sou estudante de publicidade, vale lembrar que esta campanha da USTop é uma das mais lembradas da história da propaganda brasileira!).
Bem, ansiosamente, já fui logo pegando um lugar bem próximo do palco, aí percebi que o figurino da banda seria tudo de branco: e então consegui avistar o YANN (parecendo que o tempo não passou pra ele... hehe). Mas a VIRGINIE ainda não tinha encontrado. =0(
Mas, quando estava me acomodando melhor na cadeira que havia escolhido, eu reconheci mais uma vez, um “figura” daqui de São Paulo, que sempre está presente em shows de bandas dos anos 80: é muito cômico, pois quando fui ver os shows do Violeta de Outono e do Lobão, este “figura” estava presente em todas!!! Só o conheço de vista, mas garanto que ele é um fanático nato de anos 80... hehe. E claro que no show do Metrô ele tinha que estar presente, e ainda levou vários LP’s (aquelas “bolachas” mesmos!) para a galera do Metrô autografar.... e no instante que ele estava pedindo para uma mulher com uma filha, autografar seu material, eu reconheci que esta mulher era a VIRGINIE!!! De um visual novo, cabelo curto e tal.
Pronto: agora que consegui avistar a maioria da banda, já não via a hora do show começar...

“BeaTs” aCeLeRaDoS...
Quando a voz da VIRGINIE ecoou naquele espaço, não acreditava que o Metrô estava ali...aquela mesma vozinha suave e melodiosa dela... nooooossa... ainda mais começando com uma versão de “Mensagem de Amor”, que pessoalmente gostava muito dela na voz do LÉO JAIME... aliás que estava lá também vendo o show, como fiquei sabendo através do Ricardo.
Pra mim, na hora do “Sândalo de Dândi”, foi o clímax do show! Deve ser porque é a minha música preferida deles... e todos presentes ali cantaram junto: “...frágil aprendiz, tudo bem...”

Que LouCuRa!
Terminando o show, fui desesperadamente garantir o meu “Deja-vu”, que estavam vendendo no momento, e depois pedir os autógrafos da banda! A fila já estava se formando, e eu ansioso e com pressa, pois tinha que ir à faculdade ainda!
A VIRGINIE foi a primeira a autografar no meu CD, desenhando um simpático ‘sorrisinho’ nele; e logo em seguida foi o DANY, que me recebeu muito bem, com direito a um aperto de mão bem caloroso... hehe... e ele mesmo passou para o ANDRÉ (que os acompanhou, tocando violão)...e justamente na minha vez, o YANN se levantou da mesa de autógrafos, acho que para apagar um cigarro... que pena, só faltou o dele... mas importa que aquele show vai ser muito memorável no meu ‘repertório de shows’...=0) Vida longa ao Metrô!!!

oBS:
Um detalhe engraçado no show do Metrô, foi a presença em massa da colônia francesa!!! E depois ficam falando que só a ‘japonesada’ é que anda em bando!!! hahaha... Até deixei esse comentário no site do Metrô(Déjà-vu)... quem esteve lá no show de SP, vai confirmar isso com certeza... hehe.
 

Voltar

Comments